Election observation missions (EUEOMs)

A MOE UE Moçambique 2019 condena veementemente o ataque que resultou na morte de uma figura-chave da observação eleitoral moçambicana, Anastácio Matavel

Maputo, 08/10/2019 - 13:06, UNIQUE ID: 191008_11
Press releases

Maputo, 8 de Outubro de 2019. – A Missão de Observação Eleitoral da União Europeia (MOE UE) condena veementemente o ataque que resultou na morte de uma figura-chave da observação eleitoral moçambicana. Anastácio Matavel, Director Executivo do Forum das ONGs (FONGA) e ponto focal da Sala de Paz em Gaza foi assassinado na manhã de 7 de Outubro, depois de sair de uma ação de formação para observadores nacionais. A MOE UE apela às autoridades nacionais competentes que investiguem este acto violento e assegurem que os agressores são responsabilizados pela sua conduta criminosa. 

A observação nacional é uma componente fundamental de um processo eleitoral credível. Qualquer acto que afecte ou limite a capacidade dos observadores nacionais em desempenhar o seu papel essencial é um obstáculo inaceitável à transparência das eleições e ao respeito pela participação dos cidadãos na vida política do país. A MOE UE expressa a sua solidariedade com os observadores nacionais e com a família de Anastácio Matavel lamentando profundamente esta escalada de violência. 

Violentos confrontos entre simpatizantes dos diferentes partidos políticos continuaram durante a campanha eleitoral sem que houvesse uma forte, clara e persistente condenação por parte dos líderes políticos e das autoridades competentes. 

A MOE UE apela às autoridades nacionais competentes para tomar as medidas necessárias para mitigar a violência eleitoral e promover um ambiente seguro para a realização e observação das eleições de 15 de Outubro.


***


Para mais informações, por favor contacte:

Silvia DE FÉLIX, Assessora de Imprensa 
Telemóvel: +258 87 895 9870 
E-mail: silvia.defelix@eueom-mozambique2019.eu

 

 

The EU EOM strongly condemns the attack that resulted in the death of a key figure from Mozambique’s election observation community, Anastácio Matavel

 

Maputo, 8 October 2019. – The European Union Election Observation Mission (EU EOM) strongly condemns the attack that resulted in the death of a key figure from Mozambique’s election observation community. Anastácio Matavel, the Executive Director of the Forum of NGOs (FONGA) and focal point of Sala da Paz in Gaza, was murdered on the morning of 7 October upon leaving a training session for national observers. The EU EOM calls on the competent national authorities to investigate this violent act and ensure the perpetrators are held to account for their criminal actions.  

Domestic observation is an essential component of a credible electoral process. Any act that affects or limits the capacity of national observers to perform their essential role is an unacceptable obstacle to the transparency of elections and the respect for the participation of citizens in the country’s political life. The EU EOM expresses its solidarity with the national observers and Anastácio Matavel’s family and deeply regrets this escalation of violence.

Violent clashes between sympathizers of the different political parties have continued throughout the electoral campaign period without a strong, clear and persistent condemnation from political leaders and competent authorities. 

The EU EOM calls on competent national authorities to take proactive measures to mitigate electoral violence and promote a safe environment for the conduct of and observation of the 15 October polls.

***

For further information, please contact:

Silvia DE FÉLIX, Press and Public Outreach Officer 
Mobile phone : +258 87 895 9870 
Email: silvia.defelix@eueom-mozambique2019.eu