European Union External Action

 

EEAS RSS Feeds

Displaying 57151 - 57160 of 84779

S.E. Hans-Peter SCHADEK a présenté en fin de matinée de ce 31 octobre 2017, au ministère des Relations extérieures, les Copies Figurées des Lettres de Créance qui l'accréditent au Cameroun comme Ambassadeur Extraordinaire et Plénipotentiaire, Chef de Délégation de l'Union européenne.

Un taller de validación sobre el Protocolo para la Detección, Atención, Referencia y Seguimiento de Menores en Riesgo dentro del Sistema Educativo, fue presentado ayer como parte de las acciones del proyecto SECOPA, financiado por la Unión Europea.
En el evento participaron la Ministra de Educación, Marcela Paredes de Vásquez, el Encargado de Negocios de la UE en Panamá, Dr. Giovanni Di Girolamo y el Secretario General del Ministerio de Seguridad, Lic. Aarón Pérez.

No dia 1 de Novembro de 9h30 a 11 horas, na sede do Governo Civil da Região de Bafatá, terá lugar a apresentação do projeto PADSAE, Programa de apoio à descentralização dos Serviços de Água e Energia na Guiné-Bissau. Este projeto é financiado pela União Europeia, e co-financiado pelo Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, o PADSAE e coordenado pelo Governo Civil da Região de Bafatá com a colaboração da Tese – Organização para o Desenvolvimento e o apoio da Direção Geral dos Recursos Hídricos (DGRH) e da Direção Geral da Energia (DGE). As Delegacias Regionais dos Recursos Hídricos e da Energia de Bafatá e Gabú são os principais grupos de intervenção.

Na próxima quarta-feira, dia 01 de Novembro de 2017, pelas 15h00, no Centro Cultural Português, FEC e parceiros realizam a cerimónia de abertura do projeto "Cultura i nô balur – Uma Estratégia de Educação para a Cultura na Guiné-Bissau", financiado pela União Europeia, pela Misereor e pelo Camões – Instituto da Cooperação e da Língua.

Na próxima quarta-feira, dia 01 de Novembro de 2017, pelas 15h00, no Centro Cultural Português, FEC e parceiros realizam a cerimónia de abertura do projeto "Cultura i nô balur – Uma Estratégia de Educação para a Cultura na Guiné-Bissau", financiado pela União Europeia, pela Misereor e pelo Camões – Instituto da Cooperação e da Língua.

Pages