European Union External Action

Moçambique: Mandatário transmite disponibilidade da União Europeia em apoiar na área da segurança

20/01/2021 - 17:12
News stories

Presidente de Moçambique recebe Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros de Portugal, mandatado pelo Alto Representante e Vice-Presidente da Comissão Europeia, Josep Borrell, para discutir o reforço da cooperação na área da segurança no norte do país.

O Ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros de Portugal, em representação do Alto Representante e Vice-Presidente da Comissão Europeia, Josep Borrell, manteve hoje um encontro com o Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, a quem transmitiu a mensagem de solidariedade e disponibilidade da União Europeia (UE) de “cooperar com Moçambique no combate ao terrorismo e insurgência, na defesa da vida e bem-estar da população no norte do país “.

Após a audiência com o Presidente, o Ministro Santos Silva e a Ministra dos Negócios Estrageiros de Moçambique, Verónica Macamo, prestaram declarações a jornalistas, com o primeiro a destacar os laços bilaterais bem consolidados entre a União Europeia e Moçambique, mas afirmando a necessidade de se incrementar a cooperação na área da segurança, que é o objectivo prático desta missão.

Na sequência do pedido de Moçambique, a União Europeia deverá apoiar Moçambique em matéria de logística, saúde, formação militar, acção humanitária e mais trabalho em apoio à ADIN – Agência do Desenvolvimento Integrado do Norte. “A colaboração deve ser de todos”, afirmou o Ministro.

Por seu lado, a Ministra Verónica Macamo transmitiu a mensagem do Presidente da República de “apreciação” da disponibilidade da UE em apoiar Moçambique a responder aos desafios em Cabo Delgado, e não só, tendo destacado a cooperação em outras áreas como a boa governação, o desenvolvimento rural, o reforço do sector das energias e infraestruturas e a agricultura.

Recordou a Ministra também dos programas apoiados pela União Europeia em curso no país, como a assistência de emergência iniciada aquando dos ciclones e organização da Conferência de Doadores da Beira em 2019; a participação da UE em acções de apoio ao processo de paz e de desmobilização, desarmamento e reintegração, entre outros.

A missão da UE decorre também ao nível técnico, com interações havidas e em agenda com a sociedade civil, representantes empresariais do sector do gás e petrolífero a quem transmitiu o desejo da União Europeia de apoiar as empresas e seus investimentos pois tem estas um papel crucial no contexto de desenvolvimento económico e prosperidade da província de Cabo Delgado, em particular.

O apoio da União Europeia ao desenvolvimento em Cabo Delgado, especificamente, é, no momento, de cerca de 25 milhões de Euros, recordou o Ministro Santos Silva, cuja deslocação a Moçambique decorre do pedido de reforço de cooperação que Moçambique dirigiu à UE em Setembro último, relativo à situação de segurança em Cabo Delgado. Neste momento, recordou, Portugal detem neste semestre a presidência rotativa do Conselho da União Europeia.

Urednički odeljci: