European Union External Action

Diálogo político sectorial União Europeia – Moçambique aborda situação humanitária e de segurança no norte do país

18/09/2020 - 10:57
News stories

O diálogo político sectorial focou-se em três temas principais, nomeadamente, assuntos humanitários, cooperação para o desenvolvimento e assuntos relacionados à segurança na perspectiva de como a União Europeia pode ajudar o governo moçambicano numa maneira holística e integrada na província de Cabo Delgado.

Assistência humanitária e bem-estar da população em Cabo Delgado
Não parar a agenda do desenvolvimento
Adaptação às novas circunstâncias
Assegurar a visão comum de um desenvolvimento integrado
 
Estes são os compromissos pronunciados no diálogo político sectorial Moçambique-União Europeia que teve lugar a 16 de Setembro, em Maputo, com uma agenda centrada na situação humanitária em Cabo Delgado, Niassa e Nampula; questões da cooperação para o desenvolvimento na perspectiva de apoio à Agência do Desenvolvimento Integrado do Norte ­ ADIN; e assuntos relacionados com a segurança, na perspectiva de como a União Europeia pode apoiar na coordenação de acções no contexto destes desafios.
 
O Ministro da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Celso Correia, e o Embaixador da União Europeia, Antonio Sánchez-Benedito Gaspar, orientaram o diálogo que convergiu no que toca ao reforço de parcerias em torno da visão comum de um desenvolvimento integrado no norte do país.
 
 
O Ministro Correia reafirmou o cometimento do Governo de "nunca vergar nem hipotecar o desenvolvimento do país por conta dos insurgentes". A prioridade, disse, será sempre a segurança e o bem-estar da população e a adaptação é crucial para não parar o desenvolvimento, para o qual o apoio e experiência da União Europeia como um bloco são bem vindos.
 
O Embaixador Sánchez-Benedito Gaspar, por sua vez, assegurou do compromisso da União Europeia e Estados membros representados em Moçambique de continuar a apoiar a agenda de desenvolvimento integrado, com enfoque em acções que garantam o emprego para os jovens. No novo ciclo de programação da cooperação da União Europeia, Cabo Delgado terá um espaço central junto com outras açcões que incluem o apoio a estratégia de acção da ADIN.
 
Participantes do diálogo: Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural, como Coordenador do diálogo e também órgão de tutela da Agência do Desenvolvimento Integrado do Norte ­ ADIN, representantes dos ministérios dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Delegação da União Europeia e representantes dos 11 Estados-membros da União Europeia representados em Moçambique.
Rubriques éditoriales: