European Union External Action

Dia da Consciência Negra no Memorial da Escravatura e do Tráfico Negreiro de Cacheu

18/11/2016 - 14:28
News stories

Neste domingo, 20 de Novembro de 2016, Dia da Consciência Negra, pelas 9 horas, no Memorial da Escravatura e do Tráfico Negreiro de Cacheu, a ONG AD-Acção para o Desenvolvimento em parceria com AIN onlus, COAJOQ e o Governo Regional de Cacheu, realizam o lançamento do manual escolar "Rotas de escravos", coletânea de textos sobre a escravatura para escolas de ensino secundário, editada por Isabel Levy. O lançamento do livro será acompanhado por um debate com a autora e representantes do Ministério da Educação sobre a integração da história da escravatura nos programas escolares do país.

Neste domingo, 20 de Novembro de 2016, Dia da Consciência Negra, pelas 9 horas, no Memorial da Escravatura e do Tráfico Negreiro de Cacheu, a ONG AD-Acção para o Desenvolvimento em parceria com AIN onlus, COAJOQ e o Governo Regional de Cacheu, realizam o lançamento do manual escolar "Rotas de escravos", coletânea de textos sobre a escravatura para escolas de ensino secundário, editada por Isabel Levy. O lançamento do livro será acompanhado por um debate com a autora e representantes do Ministério da Educação sobre a integração da história da escravatura nos programas escolares do país.

O dia 20 de Novembro foi escolhido internacionalmente como Dia da Consciência Negra para homenagear a memória e a figura do Zumbi dos Palmares, líder do Quilombo dos Palmares, na mesma data na qual ele morreu lutando contra a escravatura no período do Brasil Colonial. A escolha desta data simbólica serviu para manter viva a lembrança de que o fim da escravatura foi conseguido também pelos próprios escravos.

O Dia da Consciência Negra no Memorial da Escravatura e do Tráfico Negreiro de Cacheu realiza-se este ano no quadro do Projeto “Cacheu, di si cultura i Istoria” implementado no período de 2016-2019 pela ONG AD-Acção para o Desenvolvimento em parceria com AIN onlus, COAJOQ e Governo Regional de Cacheu e  cofinanciado pela União Europeia. O projeto visa promover a conservação e valorização de património histórico e cultural da antiga cidade de Cacheu; as indústrias culturais para o desenvolvimento humano e crescimento socioeconómico; a participação comunitária e a concertação na governação do património cultural e o acesso aos bens e serviços culturais.

Editorial Sections: