Montserrat and the EU

POLÍTICA LINGUÍSTICA DO SEAE

04/06/2020 - 11:59
Policy - Activity

O Serviço Europeu para a Ação Externa proporciona, a todos os cidadãos da UE e ao público do mundo inteiro, informações sobre as políticas e as ações externas europeias.

O nosso objetivo é tornar o nosso conteúdo tão acessível quanto possível aos utilizadores. No entanto, temos de encontrar um equilíbrio razoável entre o respeito pelos falantes das muitas línguas da UE e das línguas locais não comunitárias, e considerações de ordem prática, tais como a atualidade, a eficiência e o custo da tradução, que é financiada pelos contribuintes da UE.

Certos tipos de conteúdos, tais como a legislação e as declarações da UE e as conclusões do Conselho, estão disponíveis em todas as línguas da UE. Outros conteúdos poderão estar disponíveis numa só língua ou numa combinação de línguas, dependendo do (s) público-alvo (s) indicado (s) e da nossa avaliação quanto à forma mais eficiente e eficaz de alcançar o maior número de pessoas possível.

A política linguística do sítio Web do SEAE baseia-se nos seguintes três critérios:

  1. certos conteúdos, como é o caso das declarações em nome da UE, das conclusões do Conselho e da secção «About us», são publicados nas 24 línguas oficiais da UE
  2. conteúdos relativos, por exemplo, às declarações do alto representante/vice-presidente e dos porta-vozes são publicados apenas em inglês e em francês
  3. conteúdos  relativos, entre outros, aos comunicados de imprensa, às declarações de imprensa, aos discursos e observações e aos artigos publicados no blogue do alto representante/vice-presidente, bem como quaisquer artigos da web são publicados em inglês ou em qualquer outra língua que seja pertinente
  • As páginas web das delegações do SEAE em países terceiros, das missões e operações militares e civis e das missões de observação eleitoral, alojadas no sítio Web do SEAE, publicam informações em inglês e na (s) língua (s) local (is) dos respetivos países. As declarações à imprensa local são normalmente publicadas numa das línguas oficiais da UE e na língua local.
  • O SEAE também gere um sítio web em russo.
  • A língua em que uma determinada página web está a ser visualizada é indicada no topo da respetiva página. Para selecionarem outra língua, os utilizadores têm apenas de clicar no respetivo ícone. São igualmente indicadas todas as línguas em que uma determinada página está disponível.
  • Os conteúdos publicados no sítio Web do SEAE estão continuamente a ser atualizados. Isto significa que se, a dado momento, uma tradução numa língua específica não estiver disponível, poderá simplesmente estar a ser traduzida. As traduções são publicadas à medida que vão estando disponíveis.
  • O sítio Web do SEAE adotará, progressivamente, a seguinte abordagem:
    1. As informações simples, com pertinência para o público em geral durante um longo período de tempo, serão gradualmente disponibilizadas em todas as línguas oficiais da UE, para além de outra (s) língua (s) relevante (s), consoante o número de leitores.
    2. Poder-se-á recorrer à tradução automática de textos informativos para as línguas oficiais da UE, desde que o utilizador seja devidamente informado do processo de tradução utilizado.
    3. As informações muito especializadas ou de curta duração aparecem geralmente em algumas línguas — ou mesmo apenas uma — dependendo do público a que se destina.
  • As contas das redes sociais da sede do SEAE funcionam principalmente em inglês. Na medida do possível, diversificamos os conteúdos destinados a divulgação pelas representações permanentes da UE, pelas delegações ou por outros parceiros tanto em termos das línguas utilizadas e em função do público.
  • As delegações do SEAE realizam ações de sensibilização através das redes sociais nas línguas locais pertinentes.
  • Os pedidos de informação, geridos pelo centro de contacto Europe Direct, podem ser apresentados em qualquer língua oficial da UE. A resposta do SEAE é redigida na mesma língua.
  • Os pedidos de acesso a documentos também podem ser apresentados em qualquer língua oficial da UE. Por uma questão de eficiência e a fim de assegurar uma resposta rápida, a política do SEAE consiste em perguntar ao requerente se está disposto a aceitar uma resposta em inglês ou em francês. Em caso negativo, a resposta é dada na língua do requerente. 

As consultas públicas, sob a forma de questionários em linha abertos a todos os cidadãos da UE, a fim de lhes permitir participar no processo de elaboração de políticas da UE, estão sempre disponíveis, pelo menos em inglês, francês e alemão, e muitas vezes na maior parte das línguas da UE. As respostas podem ser apresentadas em qualquer língua oficial da UE. As consultas das partes interessadas levadas a cabo pelo SEAE e que visam um público externo estão disponíveis nas línguas pertinentes.

Secções editoriais: