Monaco

EEAS RSS Feeds

Displaying 1 - 10 of 67

Celebramos o Dia Mundial contra o Tráfico de Seres Humanos como forma de sensibilização para um problema muitas vezes invisível mas ainda presente nas nossas sociedades. A UE tem desenvolvido esforços de prevenção e luta contra o tráfico de seres humanos através de ações no terreno e da colaboração a nível local e internacional.

Uma recuperação mais rápida e sólida passa pela capacitação dos jovens. Num momento em que todo o mundo é ser afetado pela pandemia da COVID­‑19, as regiões em desenvolvimento estão mais expostas às suas consequências. No Dia Mundial das Competências dos Jovens, a UE reconhece a importância de melhorar as competências dos jovens para construir um futuro mais próspero para todos.

"A demografia é o destino", disse o sociólogo Auguste Comte. A ideia subjacente é a de que a evolução e a distribuição demográficas determinam o futuro de um país ou de uma região. Recentemente, a minha colega Dubravka Šuica, vice presidente da Comissão Europeia responsável pela Demografia e Democracia, forneceu¬ nos uma análise das consequências previsíveis das alterações demográficas em curso na Europa e no mundo. Este trabalho merece toda a nossa atenção, pois este tema é determinante tanto para os assuntos internos da União como para o lugar da União no mundo.

Precisamos de construir uma cultura estratégica comum na Europa. Se concordarmos mais sobre a forma como vemos o mundo e os desafios que ele comporta, será mais fácil chegarmos a acordo sobre o que fazer em relação a eles. Atendendo a que temos histórias diferentes, isso levará algum tempo. São necessários muitos debates entre todos os que participam na definição da política externa da Europa, tanto em Bruxelas como nas capitais. Precisamos de compreender de onde vem cada um de nós; o que preocupa as pessoas e porquê; mas também o que temos em comum.

A tortura nega a dignidade ao ser humano. As vítimas de tortura têm feridas visíveis e feridas invisíveis. E esta realidade horrível continua a existir atualmente. No Dia Internacional de Apoio às Vítimas de Tortura, o alto representante da UE, Josep Borrrell, declara: «Numa altura em que o mundo está a unir esforços para ultrapassar a pandemia do coronavírus, os direitos humanos devem continuar a estar no centro da nossa batalha. Neste dia, damos voz às centenas de milhares de pessoas que foram vítimas de tortura, bem como às que ainda hoje são sujeitas a tortura.»

No Dia Internacional de Apoio às Vítimas da Tortura, prestamos homenagem às vítimas da tortura e de outros tratamentos cruéis, desumanos ou degradantes. Numa altura em que o mundo está a unir esforços para superar a pandemia de COVID-19, os direitos humanos devem permanecer no centro da nossa batalha. Neste dia, damos voz às centenas de milhares de pessoas que foram vítimas de tortura e a todos aqueles que ainda hoje são torturados.

Declaração Conjunta do Alto Representante da UE, Josep Borrell, e da Representante Especial da ONU para a questão da violência sexual em situações de conflito, Pramila Patten, no Dia Internacional para a Eliminação da Violência Sexual em Conflitos.

O Conselho aprovou conclusões sobre o pacote Equipa Europa, que faz parte da resposta global da UE à pandemia de COVID-19.

O alto representante/vice-presidente Josep Borrell, apoiado pelo SEAE, pela Comissão e pelas delegações da UE em todo o mundo, está a dirigir os trabalhos destinados a reforçar a coordenação entre os Estados-Membros para ajudar os cidadãos da UE que estão atualmente retidos fora da UE.

A biodiversidade está na origem de toda a vida, tanto na terra como debaixo de água. Tem impacto na saúde humana, dá-nos o ar que respiramos, a água que bebemos, os alimentos que consumimos, aumenta a resistência natural às doenças, fornece-nos os medicamentos e permite atenuar as alterações climáticas. O surgimento da COVID-19 demonstrou que, quando destruímos a biodiversidade, destruímos o sistema que sustenta a vida humana. A natureza está a enviar-nos uma mensagem. Assim, este ano o tema para o Dia Mundial do Ambiente é a biodiversidade — uma preocupação que é simultaneamente urgente e existencial. Proteger a natureza e inverter a degradação dos ecossistemas constitui o objetivo central do Pacto Ecológico da UE e é a lógica subjacente à nova estratégia da UE em matéria de biodiversidade para 2030.

Pages