Greenland and the EU

Reino Unido: Declaração do alto representante sobre a abertura da delegação da UE em Londres

Brussels, 01/02/2020 - 00:01, UNIQUE ID: 200131_2
Statements by the HR/VP

O Reino Unido deixa hoje a União Europeia, tornando­‑se, assim, um país terceiro. Lamentando embora a decisão do Reino Unido de deixar a nossa União, respeitamos inteiramente a sua escolha e estamos prontos a ir em frente.

 

A representação diplomática da União Europeia passará agora a ser assegurada por uma delegação da UE, sob a minha autoridade enquanto alto representante da União para os Negócios Estrangeiros e a Política de Segurança.

 

Nomeei o embaixador João Vale de Almeida chefe da delegação e estou certo de que trabalhará incansavelmente para assegurar que a cooperação entre a União Europeia e o Reino Unido decorra em harmonia. As instalações da antiga representação da Comissão em Londres passarão a ser ocupadas pela delegação da União Europeia, que começa hoje a funcionar.

 

Para além das habituais responsabilidades que incumbem a uma delegação da UE num país terceiro, como sejam representação diplomática da UE, coordenação e canal de comunicação da UE e promoção da UE no país de acolhimento, caberá à delegação da UE no Reino Unido desempenhar um papel fundamental como garante da execução do Acordo de Saída do Reino Unido. Juntamente com as embaixadas dos Estados­‑Membros da UE, competir­‑lhe­‑á também chamar a atenção para os direitos de que gozam os cidadãos da UE no Reino Unido pós­‑Brexit.

 

O Reino Unido continuará a ser para a União Europeia um parceiro fundamental. A relação entre nós estabelecida assenta em valores e interesses partilhados que decorrem da geografia, da História e de valores enraizados na nossa herança europeia comum.

 

A relação económica, social e política entre a União Europeia e o Reino Unido não terminará. Estamos – e continuaremos a estar – estreitamente ligados. É nosso desejo construir uma nova – e ambiciosa – parceria nos setores do comércio e da cooperação económica, da aplicação da lei e da justiça penal, da política externa, da segurança e da defesa.

 

Antevejo já – assim o espero – que se estabeleça com os nossos amigos britânicos uma cooperação muito estreita em torno dos desafios que se nos colocam em comum a nível regional e mundial.

 

Secções editoriais: