Andorra and the EU

Missão da União Europeia termina com reforço da cooperação em segurança e acção humanitária

22/01/2021 - 11:01
News stories

O Governo de Moçambique e a União Europeia abriram um diálogo político, com enfoque nas questões humanitárias e direitos humanos, desenvolvimento e segurança na província de Cabo Delgado. Enviado especial do Alto Representante transmitiu a prontidão da União Europeia em apoiar o Governo de Moçambique e discutir opções concretas em diálogos políticos e de política, bem como em reuniões técnicas.

EU Mission Mozambique

O Ministro português do Estado e dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, terminou nesta quinta-feira a missão de dois dias a Maputo em representação do Alto Representante da União Europeia para a Política Externa e Segurança e Vice-Presidente da Comissão, Josep Borrell. Além das audiências com o Presidente da República, Filipe Nyusi, e com a Ministra dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Verónica Macamo, o Ministro Santos Silva interagiu, no primeiro dia, com os Estados Membros da União Europeia e outros parceiros internacionais de cooperação, com representantes empresariais do sector do gás e energia e com os representantes de organizações da sociedade civil parceiras.

No segundo e último dia da sua missão, que decorria em paralelo com a missão ao nível mais técnico entre peritos moçambicanos e europeus, o mandatário do Alto Representante, reuniu-se com o Ministro da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Celso Correia, a quem transmitiu as mensagens-chave – incluindo a tripla abordagem da UE (segurança, acção humanitária e desenvolvimento) e discutiu aspectos relacionados com Cabo Delgado, na vertente de desenvolvimento que cobre o expresso  interesse e disponibilidade da União Europeia de apoiar na estratégia da Agência de Desenvolvimento Integrado do Norte – ADIN.

EU Mission Mozambique

Numa altura em que a situação humanitária se agrava em Cabo Delgado, com escassez de bens para as populações já forçadas a se deslocarem,  as partes abordaram as prioridades de resposta e os planos mais imediatos de acção. Recordar que neste momento, a União Europeia, através dos serviços de resposta humanitária, está a implementar com parceiros projectos avaliados em 7.5 milhões de Euros, essencialmente nas áreas da educação em Cabo Delgado e assistência multi-sectorial às populações afectadas pelo conflito. Aliás, a província de Cabo Delgado é no presente ano uma prioridade da acção humanitária e protecção civil da União Europeia na região da Africa Austral e Oceano Índico.

Do encontro conjunto com os Ministros da Defesa e do Interior, o Ministro enviado da EU reiterou a prontidão da União Europeia de reforçar  cooperação com as autoridades moçambicanas na questão de Cabo Delgado, assim como a disponibilidade de colaborar com parceiros africanos, em particular da região da SADC, com vista a uma abordagem coerente e coordenada , dado o risco de a crise, quer a violência extremista como os desafios humanitários, afectar a todos. Neste momento, estima-se em mais de 600 mil o número de pessoas deslocadas das suas residências pela violência e pelas ameaças.

EU Mission Mozambique

Os passos seguintes, afirmou o Ministro Santos Silva, envolvem a continuação do diálogo técnico e político em vista a desenhar, aprovar e o mais rápido possível implementar as acções discutidas nas áreas de necessidades identificadas.

Editorial Sections: