Delegation of the European Union 
to the United States

EEAS RSS Feeds

Displaying 21 - 30 of 88

Faz agora mais de um mês que o coronavírus tem a Europa sob o seu controlo. Embora trabalhemos todos os dias infatigavelmente para fazer face a todos os aspetos da crise, convém parar para refletir sobre o que significa, para a Europa e para o resto do mundo, viver com a COVID-19 no quotidiano e sobre a forma como a pandemia afetará a nossa sociedade.

O coronavírus não assola só a Europa, mas toda a comunidade mundial, tendo-se tornado o inimigo comum do mundo inteiro. Um inimigo que só poderemos derrotar com uma abordagem global e uma coordenação transfronteiras. Embora tenhamos de mobilizar todos os nossos recursos para combater o vírus dentro da Europa, chegou o momento de olharmos para o que se passa além das nossas fronteiras, mais especificamente em África, o nosso continente irmão, e nos países da vizinhança meridional, bem como nos Balcãs Ocidentais, no Médio Oriente e em certas zonas da Ásia, na América Latina e nas Caraíbas. Porque solidariedade não pode ser uma palavra oca, e porque enquanto o vírus não for erradicado em todo mundo continuará a ser uma ameaça para todos nós.

A COVID¬ 19 redefinirá o nosso mundo. Ainda não sabemos quando é que a crise terminará. Contudo, podemos estar seguros de que, quando tal acontecer, o nosso mundo será muito diferente. Até que ponto o será, vai depender das escolhas que fizermos hoje.

Vejam a minha mensagem vídeo sobre o surto e a resposta da UE, nomeadamente sobre os nossos esforços para coordenar o repatriamento de milhares de cidadãos europeus retidos no estrangeiro.

Na Europa e no mundo, todos os pensamentos estão centrados em ações destinadas a combater o surto de coronavírus e a atenuar os efeitos da crise. A União Europeia trabalha em todas as frentes para apoiar esses esforços. É possível consultar as informações mais recentes no sítio Web da Comissão Europeia dedicado a esta questão. Aproveitamos esta oportunidade para agradecer a todos aqueles que, em qualquer parte do mundo, estão a trabalhar incansavelmente para conter a pandemia e prestar cuidados de saúde às pessoas que deles necessitam.

Por ocasião do Dia Mundial das Organizações Não Governamentais, que se comemora em 27 de fevereiro, a União Europeia felicita as organizações da sociedade civil pelo seu contributo fundamental para a promoção dos direitos humanos, da boa governação, da democracia e do Estado de direito.

O Reino Unido deixa hoje a União Europeia, tornando­‑se, assim, um país terceiro. Lamentando embora a decisão do Reino Unido de deixar a nossa União, respeitamos inteiramente a sua escolha e estamos prontos a ir em frente.

 

Pages