Delegation of the European Union
to the United Nations - New York

Celebração do Dia 10 de Dezembro Dia Internacional dos Direitos Humanos

14/12/2020 - 19:49
News stories

As Nações Unidas e a União Europeia em parceria com a Comissão Nacional para os Direitos Humanos (CNDHC) e o Instituto Cabo-verdiano para a Igualdade e Equidade de Género (ICIEG), juntam uma vez mais esforços para em conjunto, assinalarem o Dia Internacional do Direitos Humanos, que este ano decorre num contexto complexo e desafiante, provocado pela pandemia da COVID-19.

 


Celebração do Dia 10 de Dezembro Dia Internacional dos Direitos Humanos


Praia, 8 de Dezembro de 2020 – As Nações Unidas e a União Europeia em parceria com a Comissão Nacional para os Direitos Humanos (CNDHC) e o Instituto Cabo-verdiano para a Igualdade e Equidade de Género (ICIEG), juntam uma vez mais esforços para em conjunto, assinalarem o Dia Internacional do Direitos Humanos, que este ano decorre num contexto complexo e desafiante, provocado pela pandemia da COVID-19.


Para marcar este Dia, haverá uma actividade cultural, que reunirá diferentes performances, traduzida num pequeno concerto e artes performativas. Será igualmente uma oportunidade para fazer uma homenagem à morna, uma vez que nos encontramos no “Mês da Morna”.


O evento, que será presidido pelo Primeiro-Ministro de Cabo Verde, Dr. Jose Ulisses Correia e Silva, terá lugar no Palácio da Cultura, no dia 10 de Dezembro, pelas 18h30. No decorrer, será também feita a estreia nacional de uma curta metragem intitulado D. Mónica, que retrata a vida de um LGBTI, produzido com o apoio da ONUMULHERES, no ano passado para a Campanha Livres e Iguais.


Respeitando as regras decorrentes da situação de pandemia, o número de pessoas presentes será limitado pelo que o evento será transmitido em livestreaming nas páginas do Facebook das Nações Unidas Cabo Verde (@onucv) e da União Europeia Cabo Verde (@uemecv).


Esta acção tem como objectivo celebrar os direitos humanos e apoiar as campanhas de respeito e garantia dos direitos humanos de todos.


Refira-se, as Nações Unidas alertam para o facto de que a emergência sanitária do COVID-19, agrava globalmente os direitos humanos de todos e em particular uma outra pandemia: a violência contra mulheres e meninas. Foi neste contexto que o secretário-geral da ONU, o Apelo a Acão os Direitos Humanos e a Estratégia de Compromisso Político sobre Violência Baseada em Gênero e COVID apelando a todas as instituições públicas e privadas, organizações da sociedade civil, movimento de mulheres, academia, média, pessoas comuns, pensassem e agissem estrategicamente pelo fim da violência contra as mulheres e meninas.

Cabo Verde, juntamente com três países em Africa, foi destacado como país de boas praticas nesta estratégia contra a VBG.


Também neste sentido a União Europeia adoptou o Plano de Ação em matéria de igualdade de género e promoção do reconhecimento do papel das mulheres, colocando os direitos das mulheres e das meninas no centro da recuperação mundial. Norteando assim a acção externa da União Europeia está também o Plano de Acão para os Direitos Humanos e Democracia visando a promoção e proteção destes valores em todo o mundo, nomeadamente no contexto dos novos desafios colocados pelas mudanças políticas e as novas tecnologias. A União Europeia e as Nações Unidas estão unidas pelos valores do multilateralismo, em prol da dignidade humana.

Secções editoriais: