Delegation of the European Union
to the United Nations - New York

MOE UE Moçambique 2019: Chefe Adjunta visita a provincia de Tete para encontrar as autoridades eleitorais e observadores nacionais

Maputo, 29/09/2019 - 13:00, UNIQUE ID: 190929_2
Press releases

Maputo, 29 de Setembro de 2019. – No âmbito da metodologia das missões de observação eleitoral da União Europeia (MOE UE), a Chefe Adjunta da Missão Tânia Marques e alguns membros da equipa central sediada de Maputo visitou esta semana a província de Tete. A visita teve como objectivo encontros com a administração eleitoral ao nível provincial e distrital e com observadores nacionais nessa província.

A Missão teve oportunidade de trocar informações sobre o progresso em matéria logística para a organização das Eleições Gerais e das Assembleias Provinciais do próximo dia 15 de Outubro. A agenda de visitas incluiu reuniões com representantes da Comissão Provincial de Eleições, da Comissão Distrital de Eleições de Moatize e da plataforma de observação eleitoral Sala da Paz.

Nesta visita, a Chefe Adjunta da MOE UE encontrou-se também com a imprensa local para falar sobre o desenvolvimento da campanha eleitoral: “A Missão lamenta profundamente todas as mortes registadas na campanha eleitoral. Tem de ser a liderança dos partidos políticos a tomar uma posição de tolerância zero em relação à violência durante a campanha eleitoral. As lideranças dos partidos políticos têm que dar o exemplo, porque todas estas campanhas são organizadas pelos partidos políticos”.

A Chefe Adjunta disse, ainda: “O que se tem também debatido é a participação das crianças, porque houve acidentes na segunda semana da campanha eleitoral que envolveram atropelamento de crianças. Neste caso, já houve uma posição pública por parte das organizações da sociedade civil. São ambientes perigosos pela questão da falta de segurança, e pela questão das multidões, porque as crianças não têm a percepção de um adulto para se poderem proteger.”.

A Missão é chefiada pelo Sr. Sánchez Amor, membro do Parlamento Europeu, que já esteve no país no início de Setembro, e que estará de regresso no país para o dia das eleições. Além disso, uma semana antes das eleições, a Missão irá receber mais 76 observadores de curto-prazo, que serão destacados para as províncias e distritos de todo o país até o final do apuramento distrital. A eles, juntar-se-á, também, uma delegação de membros do Parlamento Europeu e membros das missões diplomáticas dos Estados-membro da União Europeia acreditadas em Maputo. No dia da votação a MOE UE contará com cerca de 150 observadores.

A Missão de Observação Eleitoral da União Europeia é independente das instituições da União Europeia.

***

Para mais informações, por favor contacte:
Silvia DE FÉLIX, Assessora de Imprensa
Telemóvel: +258 87 895 9870
E-mail: silvia.defelix@eueom-mozambique2019.eu