Delegacao da Uniao Europeia em Timor-Leste

União Europeia canaliza 10 milhões de Euros em ajuda humanitária para Moçambique

11/10/2019 - 13:45
News stories

Os ciclones tropicais Idai e Kenneth deixaram um rasto de destruição que ainda é sentido pela população mais vulnerável ​​em Moçambique. A União Europeia está a reforçar a assistência humanitária para fornecer ajuda alimentar e cuidados de saúde de emergência.

A Comissão Europeia está a mobilizar um montante de 10 milhões de Euros, como parte do pacote de 100 milhões de Euros anunciados em Junho último na Beira, em assistência humanitária para apoiar as muitas pessoas que enfrentam as consequências dos dois ciclones tropicais que atingiram Moçambique no início de 2019.

 

“Os ciclones tropicais Idai e Kenneth deixaram um rasto de destruição que ainda é sentido pela população mais vulnerável ​​​​em Moçambique. A União Europeia está a reforçar a assistência humanitária para fornecer ajuda alimentar e cuidados de saúde de emergência. Vamos também apoiar as comunidades para que melhorarem a sua capacidade para lidar com futuros desastres naturais. Estamos empenhados em apoiar Moçambique enquanto for necessário”, disse Christos Stylianides, Comissário Europeu para Ajuda Humanitária e Gestão de Crises.

 

O novo pacote de ajuda humanitária vai incrementar o financiamento para:

  • Ajuda alimentar de emergência e apoio nutricional.
  • Cuidados de saúde: apoio para o funcionamento dos serviços de referência e emergência nos centros de saúde que assistem as áreas atingidas por ciclones.
  • Preparação para desastres: armazenamento de kits de emergência em locais estratégicos em todo o país, que ficarão imediatamente disponíveis caso ocorra outro desastre natural.

 

A União Europeia já havia alocado 11 milhões de Euros em 2019 para o alívio de desastres logo após os ciclones tropicais, bem como em medidas de preparação. Além disso, o Mecanismo de Protecção Civil da União Europeia (MPCU) foi activado com os Estados-Membros da União Europeia  enviando cerca de 60.000 itens de socorro, equipas de busca e salvamento, suporte de comunicações, serviços médicos, tratamento de água e uma equipa de apoio à coordenação de especialistas da UE. A União Europeia financiou 75% dos custos de transporte dessas equipas e equipamentos, totalizando mais de 4 milhões de Euros.

 

Informação de base

 

A União Europeia irá também prestar apoio a longo prazo à reconstrução. Na Conferência Internacional de Doadores da Beira, havida a 30 de Maio e 01 de Junho de 2019, a União Europeia prometeu 200 milhões de Euros em apoio à recuperação de Moçambique depois dos ciclones Idai e Kenneth e ajudar o país a fortalecer sua resiliência e preparação natural. desastres. Deste montante, 100 milhões de Euros serão provenientes do Fundo Europeu de Desenvolvimento, enquanto os outros 100 milhões de Euros serão disponibilizados por via de empréstimos através do Banco Europeu de Investimento.

Secções editoriais: