Delegacao da Uniao Europeia em Timor-Leste

Discurso da Alta Representante, Federica Mogherini, por ocasião do evento de alto nível sobre a Iniciativa Spotlight.

Brussels, 10/10/2019 - 10:40, UNIQUE ID: 191010_15
HR/VP speeches

A iniciativa Spotlight é para todos nós, mulheres e homens. É para todos aqueles que querem erradicar a violência contra as mulheres, a violência de género e tornar nossas sociedades em todos os lugares melhores.

Spotlight banner_Unicef

 

Permitam-me agradecer a Senhora Amina Mohammed, Vice-Secretário Geral das Nações Unidas pelo apoio desde o início e porque sempre acreditou nesta iniciativa. E também um obrigado ao Comissário Neven Mimica, porque também acreditou neste programa. Sinto-me particularmente orgulhosa de ter um Comissário que usa a maior parte de sua energia política e seu orçamento nesta iniciativa.

Penso que precisamos desta coligação de homens e mulheres e tenho orgulho de ver hoje homens e mulheres igualmente representados nesta sala.

Nestes dois anos da Iniciativa Spotlight, vimos o surgimento de um movimento global de mulheres lutando por seus direitos e lugar na sociedade. E isso aconteceu em todo o mundo. Isso já aconteceu na África.

Vimos uma jovem subir no tecto de um carro para liderar uma revolução pacífica no sul do Sudão. Vimos o primeiro governo com equilíbrio de género no continente. E mais longe dos holofotes da mídia, vimos mulheres trabalhando todos os dias em suas comunidades para curar as feridas de uma guerra civil, da República Centro-Africana a Moçambique.

No entanto, ao mesmo tempo, a violência contra as mulheres também está a aumentar. É uma tendência global, nenhum continente é excluído. Este é o ponto de partida para o Spotlight. Não existe um único lugar em que nossa acção não seja necessária e urgente. Só podemos lidar com isso globalmente e, ao mesmo tempo, com soluções específicas em cada contexto diferente. É por isso que é tão importante ter esta ampla representada nesta sala.

A boa notícia é que mentalidades e atitudes podem mudar. Não há explicação cultural, nem lei costumeira que possa justificar a violência. Ao mesmo tempo, precisamos aprofundar nossas sociedades, sabendo que a mudança é possível.

A iniciativa Spotlight é para todos nós, mulheres e homens. É para todos aqueles que querem erradicar a violência contra as mulheres, a violência de género e tornar nossas sociedades em todos os lugares melhores. Trata-se de respeito, direitos humanos e também paz e segurança, porque uma sociedade não pode ser definida como pacífica e segura se não for pacífica e segura para todos.

Precisamos de uma ampla coligação para fazer isso. Eu estou orgulhosa pois esta é uma das histórias positivas que temos. Precisamos das escolas, instituições locais, sector privado e comunidade empresarial. Precisamos de cada cidadão de nossa sociedade para que a mudança possa ter raízes profundas em todas as comunidades.

Juntos, homens e mulheres, podemos mudar nossa cultura e reverter a tendência perigosa dos últimos anos. Permitam-me acrescentar, acho que os líderes políticos têm uma responsabilidade conjunta por mostrar comportamento correcto e narrativas correctas, e mostrar respeito.

Juntos, podemos fazer desta iniciativa um trabalho colectivo. Daqui a alguns anos, poderemos nos reunir e celebrar uma sociedade livre da violência de género.

Obrigada!

Secções editoriais: