Delegation of the European Union to Mozambique

Republicação da Vaga: Assessor de Imprensa e Informação na Delegação da União Europeia em Moçambique

23/10/2019 - 09:48
Local agents

A Delegação da União Europeia em Moçambique procura um Assessor de Imprensa e Informação para se juntar à sua equipa. Candidaturas aceites até 31 de Outubro de 2019 pelas 15:30 horas.

Quem somos

A União Europeia (UE) é uma parceria económica e política entre 28 países europeus. Desempenha um papel importante nos assuntos internacionais através da diplomacia, do comércio, da ajuda ao desenvolvimento e do trabalho com organizações mundiais. No estrangeiro, a UE está representada por mais de 140 representações diplomáticas, conhecidas também como delegações da UE, que têm uma função semelhante à de uma embaixada. Em Moçambique, a UE trabalha em conjunto com os Estados-Membros da UE em vários domínios.

 

Oferecemos

Oferecemos um lugar de Oficial de Imprensa e Informação na Secção Política, Imprensa e Informação. No âmbito deste cargo, serão atribuídas funções à pessoa recrutada, em função das necessidades da Delegação. Aquando do recrutamento, o agente ocupa uma função específica no setor da imprensa e dos meios de comunicação social — esta função pode, contudo, ser alterada em função das necessidades da Delegação. No âmbito desta função, o candidato selecionado servirá de pessoal técnico e de apoio, sob a supervisão do Chefe da Secção de Imprensa, Política e Informação.

 

O candidato selecionado desempenhará as seguintes tarefas principais:

 

  • Desenvolver e manter contactos com os meios de comunicação social moçambicanos, as autoridades, a sociedade civil, outras entidades relevantes e grupos de formação de opinião;
  • Gerir e organizar relações de imprensa (comunicados de imprensa, entrevistas, conferências de imprensa, artigos de imprensa);
  • Gerir as contas dos meios de comunicação social da delegação e desenvolver conteúdos digitais, mais artigos noticiosos para o sítio Web da delegação;
  • Gerir um pequeno orçamento, que deve ser contratado para eventos e campanhas relacionadas com os meios de comunicação social;
  • Participar em eventos públicos relacionados com o trabalho da UE em Moçambique e distribuir materiais promocionais relevantes;
  • Contribuir para a coordenação e assegurar a visibilidade das visitas de alto nível da sede;
  • Coordenar com as representações dos Estados-Membros sobre questões e actividades de relações públicas e, sempre que possível, organizar actividades conjuntas.

Desenvolver e aplicar a estratégia de comunicação da Delegação e explicar as posições do SEAE e da Comissão aos meios de comunicação social locais e estrangeiros;
 
A posição é competitiva num ambiente internacional. Os benefícios como o regime de pensão complementar e o seguro médico são oferecidas em determinadas condições aos trabalhadores e seus dependentes. O titular do lugar deverá beneficiar de direitos civis e de autorizações de trabalho ao abrigo da legislação local e estar apto para o trabalho.
 

CRITÉRIOS DE SELECÇÃO

Educação e formação

  • Diploma universitário em qualquer dos seguintes domínios: Comunicação & Media, Ciências Políticas, Relações Internacionais e diplomacia.

 Conhecimento e experiência

  • Pelo menos 5 anos de experiência de trabalho relevante, de preferência na região da SADC.
  • Pelo menos 3 anos de experiência em comunicação e meios de comunicação numa organização estrangeira em Moçambique ou numa instituição semelhante.
  • Conhecimento da situação política, económica e social de Moçambique e da União Europeia, bem como das relações entre a UE e Moçambique;
  • Comunicações e práticas de diplomacia pública (por exemplo, comunicação estratégica, relações com os meios de comunicação social, campanha, produção de conteúdos, marketing, gestão das redes sociais e desenvolvimento de conteúdos).
  • Desenvolvimento de campanhas de comunicação e de estratégias de comunicação/divulgação nos meios de comunicação social, marketing, gestão das redes sociais e desenvolvimento de conteúdos digitais).

Aptidões e competências

  • Competências linguísticas: Excelente conhecimento escrito e oral inglês e português. Nivel C2 e/ou TOEFL.
  • Competências de comunicação: Forte capacidade de expressão pública; Capacidade para trabalhar e comunicar sob pressão temporal num ambiente multilingue.
  • Competências intelectuais: Capacidade analítica sólida; Boas competências em matéria de elaboração de relatórios e de redacção.
  • Aptidões relacionais: Agente de equipa e capacidade para coordenar com outras equipas um ambiente de colaboração.
  • Competências nas redes sociais: A experiência com as campanhas nas redes sociais, o acompanhamento e a análise seriam ativos.
  • Gestão do projeto: Capacidade de trabalhar com os prestadores de serviços em projectos de comunicação, dando o seguimento necessário.
  • Competências informáticas: Programa informático da Microsoft Office. O Adobe Creative Suite (InDesign, Photoshop, Illustrator) constitui um activo.
  • Qualidades pessoais: Flexibilidade para trabalhar sob pressão e responder rapidamente; Empenho na qualidade e atitude positiva e empenho no trabalho.

COMO CANDIDATAR-SE

Queira enviar o seu pedido e os documentos comprovativos em sobrescrito fechado, para:

Delegação da União Europeia em Moçambique

À atenção do Chefe da Administração

Avenida Julius Nyerere, 2820

Maputo, Moçambique

 

O pacote deve incluir uma carta de acompanhamento, um CV pormenorizado (utilizando o modelo específico) num envelope selado intitulado «Application — Press & Information Officer». A descrição pormenorizada das funções e o modelo de CV anexados a seguir: 

 

Procedimento

Após o termo do prazo para a apresentação de candidaturas, os pedidos serão revistos por um Comité de Selecção criado para o efeito. O Comité de Selecção vai elaborar uma lista restrita de candidatos considerados os mais adequados para o cargo, com base numa avaliação preliminar das informações fornecidas na sua carta de candidatura e dos documentos comprovativos. Os candidatos pré-selecionados serão convidados para uma fase de avaliação, que poderá incluir uma entrevista, se necessário, para avaliar a adequação dos candidatos ao lugar.

 

O prazo para a apresentação das candidaturas é 31 de Outubro de 2019 pelas 15:30 hrs. Só serão contactados os candidatos incluídos na lista restrita.   

Editorial Sections: