Delegation of the European Union to Liberia

Declaração da Alta Representante, Federica Mogherini, por ocasião do Dia Internacional da Democracia no 15 de Setembro

15/09/2016 - 15:24
News stories

Celebramos hoje o Dia Internacional da Democracia.

A democracia está no cerne da União Europeia, e é por este motivo que os valores democráticos que constituem as nossas fundações têm de ser cultivados todos os dias, em primeiro lugar no nosso continente. A democracia requer um compromisso constante, a cidadania participativa, a transparência, o pluralismo e a inclusão. As relações e a confiança entre os cidadãos e as instituições que os representam estão muitas vezes sob pressão, o que dá origem a tensões sociais e divisões políticas.

E em todo o mundo, os valores democráticos ainda não são um dado adquirido para muitas pessoas. Estamos orgulhosos do poder de atracção duradouro da UE e dispostos a apoiar a consolidação da democracia em todo o mundo.

A União Europeia está firmemente empenhada em enfrentar estes desafios e em apoiar a democracia em todo o mundo, como o sistema de governação que funciona e proporciona resultados aos cidadãos, em consonância com os ambiciosos objectivos definidos no plano de acção da UE para os direitos humanos e a democracia. Como exemplo deste empenhamento, a UE apoia várias iniciativas, entre as quais 8 missões de observação eleitoral que tiveram lugar no ano passado em todo o mundo.

A estratégia global da União Europeia reitera o nosso interesse comum em cooperar com os nossos parceiros em todo o mundo em termos de democracia e para consolidar uma ordem mundial assente em regras. Democracias sólidas, o respeito pelos direitos humanos, a justiça, a solidariedade, a igualdade, a não discriminação e o pluralismo garantem a segurança e a prosperidade no mundo. Trata-se de elementos essenciais para cumprir os objectivos de desenvolvimento sustentável que homologámos apenas há um ano, na Europa e em todo o mundo.

Continuaremos a contribuir com medidas globais para combater as causas profundas dos conflitos e da pobreza, que levam as pessoas a rotas de migração perigosas. Continuaremos a trabalhar em parceria com governos,  com a sociedade civil, com os parceiros sociais e com o sector privado para que a democracia apresente resultados concretos para todos.

Secções editoriais: