Delegation of the European Union to the Lao PDR

Webinar esclarece as modalidades de subvenção para projectos de segurança alimentar e nutrição

Lubango, 12/01/2021 - 15:48, UNIQUE ID: 210112_7
Press releases

O Projecto FRESAN – Fortalecimento da Resiliência e da Segurança Alimentar e Nutricional em Angola, financiado pela União Europeia, gerido parcialmente e co-financiado pelo Camões, I.P., irá realizar no próximo dia 13 de Janeiro, pelas 11h30 (hora de Luanda) um Webinar sobre o Convite 4 à apresentação de propostas para co-financiamento de projectos de organizações da sociedade civil destinados a subvencionar acções que contribuam para a redução da fome, pobreza e vulnerabilidade à insegurança alimentar e nutricional, através do fortalecimento sustentável da agricultura familiar, nas províncias angolanas da Huíla, Cunene e Namibe.

O Webinar visa apresentar as regras para a submissão de propostas ao Convite 4, dando a oportunidade de esclarecer dúvidas sobre os procedimentos de candidatura, bem como, promover a reflexão sobre questões relacionadas com os desafios e perspetivas de promoção da segurança alimentar e nutrição no sul de Angola. Serão ainda explorados temas como agroecologia e agrofloresta dinamizados por especialistas com o intuito de promover boas prácticas.

O Webinar que terá a duração de 1h30, será transmitido em live streaming através da página do Facebook e Youtube, do Instituto Camões, I.P. Os participantes poderão colocar questões ao painel e partilhar reflexões através das referidas plataformas.

Através do Convite 4 é disponibilizado o total de 14.655.083,01 de euros, dando a oportunidade a organizações da sociedade civil, de acordo com as suas áreas de atuação, experiência e as necessidades das comunidades junto das quais intervêm, de apresentarem propostas para apoiar a melhoria da segurança alimentar e nutricional. Este é o quarto convite lançado pelo FRESAN, tendo sido já apoiados 9 projectos, no valor de 10.019.917 euros, nas três edições anteriores. A iniciativa faz parte de um esforço conjunto da União Europeia com o Governo de Angola para promover a resiliência de comunidades afetadas pela seca e ameaçadas pelos efeitos das alterações climáticas no sul de Angola.

As organizações interessadas poderão encontrar mais informações e acesso aos procedimentos de candidatura na página: https://cutt.ly/KhJXgOa

Secções editoriais: