Delegation of the European Union to Iraq

4 Pontes Aéreas Humanitárias da União Europeia, coordenadas por Portugal, transportam material e equipamento médico para apoiar o combate à pandemia de COVID-19 na Guiné-Bissau

Brussels, 23/07/2020 - 09:41, UNIQUE ID: 200723_1
Press releases

No dia 23 de Julho de 2020, a Embaixadora da União Europeia, Sónia Neto, juntamente com a Alta Comissária para a Luta contra a COVID-19, Doutora Magda Robalo, o Embaixador de Portugal, António Alves de Carvalho, o Embaixador de França, Jean-Louis Zoël e o Encarregado de Negócios de Espanha a.i, Juan Manuel Lopez Urdiales, irão receber em Bissau o primeiro dos quatro voos da ponte aérea humanitária da União Europeia, organizado por Portugal. Estes voos trazem a bordo cerca de 45 toneladas de material e de equipamento médico no valor de mais de 2 M EUR. A carga inclui medicamentos, equipamentos de laboratório e de proteção individual destinado aos profissionais de saúde, para apoiar a resposta da Guiné-Bissau ao coronavírus, proporcionando à população melhores cuidados de saúde.

A ponte aérea humanitária da União Europeia

A União Europeia financia a totalidade dos custos de transporte desta operação, tendo Portugal coordenado a logística e a angariação de doações dos vários parceiros, nomeadamente o PNUD e outras Agências das Nações Unidas, o Banco Mundial, Fundações e ONGs de Portugal, de Espanha e de Itália, que juntaram esforços para enfrentar e ultrapassar as consequências humanitárias e sanitárias da pandemia COVID-19 na Guiné-Bissau. A União Europeia e os seus Estados Membros estão convictos que o multilateralismo é a resposta certa para superar a magnitude dos desafios do combate à COVID-19.

Respostas concretas às necessidades médicas urgentes do país

Estas pontes aéreas são uma resposta ao apelo do Centro de Operações de Emergência em Saúde (COES) para a implementação do seu plano de contingência e o apoio à gestão da crise, que já conta com 1.3 M EUR de contribuição da UE, disponibilizados através da Organização Mundial de Saúde (OMS). Esta nova vaga de ajuda humanitária tem em vista as necessidades sanitárias imediatas do país face ao coronavírus, mas também a outras doenças que carecem de atenção durante este período de pandemia, nomeadamente a malária, a tuberculose e o VIH.

Equipa Europa. Juntos fazemos melhor.

Acompanhe a ação nas redes sociais através dos marcadores #TeamEurope #EUSolidarity #UnitedAgainstCoronavirus #StrongerTogether

 

Para mais informações, contactar a Delegação da União Europeia na Guiné-Bissau:

Abel Gomes - Secção Política, Comunicação e Informação

Email: abel.pereira-gomes@eeas.europa.eu

Telemóvel: (+245) 96 928 29 17; WhatsApp: (+245) 95 547 00 08

_____________________________

A Ponte Aérea Humanitária da União Europeia visa levar ajuda humanitária aos países afetados pela pandemia de Coronavirus, fazendo chegar equipamentos médicos e pessoal humanitário, proporcionando ajuda humanitária às populações mais vulneráveis num contexto em que a pandemia impõe restrições de transporte e de logística. Os voos da ponte aérea são totalmente financiados pela União Europeia, por um total disponibilizado de 10 M de euro. Os voos são operados em coordenação com os Estados-Membros e organizações humanitárias que enviam material e em cooperação com o país de destino. A Ponte Aérea Humanitária é uma iniciativa temporária que complementa os serviços de logística do Plano Global de Resposta Humanitária das Nações Unidas. Mais informação sobre a Ponte Aérea: http://ec.europa.eu/portugal/sites/portugal/files/ficha-ponte-aerea-huma...

Languages:
Secções editoriais: