Delegação da União Europeia na Guiné-Bissau

Projecto PROCULTURA atribui 12 bolsas para residências artísticas

Luanda, 13/12/2019 - 08:26, UNIQUE ID: 191213_9
Press releases

Doze artistas de Angola, Cabo Verde e Moçambique participarão em residências artísticas nas áreas da música e das artes cénicas, na África do Sul, Brasil, Quénia e Portugal, com apoio do projeto da União Europeia PROCULTURA.

Serão atribuídas ainda outras 48 bolsas de viagem a artistas dos PALOP ou de Timor-Leste, nas áreas da música e das artes cénicas, entre 2020 e 2022. O objetivo é apoiar a frequência de residências artísticas em países vizinhos, na Europa, Brasil ou Austrália e, desta forma, contribuir para o conhecimento de outros contextos de criação contemporânea, para o diálogo cultural e para o reconhecimento dos artistas.

Os resultados do primeiro concurso podem ser consultados em: https://gulbenkian.pt/grant/procultura-apoio-a-mobilidade-internacional-de-artistas-dos-palop-e-timor-leste/

 

PROCULTURA é uma Ação do Programa Indicativo Multianual PALOP - Timor-Leste e União Europeia, financiada pela União Europeia, cofinanciada e gerida pelo Camões, IP e cofinanciada também pela Fundação Calouste Gulbenkian. Tem por objetivo contribuir para a criação de emprego em atividades geradoras de rendimento na economia cultural e criativa nos PALOP e em Timor-Leste, com um orçamento de 19 milhões de euros.

Secções editoriais: