Delegação da União Europeia na Guiné-Bissau

União Europeia e parceiros apoiam o Mês da Criança – Junho de 2018: os direitos das crianças na Guiné-Bissau

31/05/2018 - 13:05
News stories

Dia 1 de junho arranca, pelo quarto ano consecutivo, o Mês da Criança, uma série de atividades comemorativas num mês dedicado à criança, na Guiné-Bissau, um mês onde todas as crianças possam celebrar os seus direitos.

Este mês conta com o apoio e financiamento da União Europeia no âmbito dos projetos “Bambaran di mininu fase II”, executado pela Caritas Guiné-Bissau, “Kumpu tera di meninesa” e "Cultura i no Balur" pela FEC. Os projetos "Educação Inclusiva" e "Fortalecimento do Movimento dos Direitos das Pessoas com Deficiência na Guiné-Bissau" implementados por Humanité & Inclusion com a Federação das Associações de Promoção e Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência da Guiné-Bissau (FADPD/GB) em 6 regiões.

Ao longo do mês, a FEC, Humanité & Inclusion e seus parceiros, ente outros, AEGUI, Afetos com Letras, Câmara Municipal de Bissau, AIFO, Caritas, ENGIM, FADPD/GB, Grupo de artesãos da Guiné-Bissau, Grupo do Teatro do Oprimido, Instituto da Mulher e Criança, Rede Ajuda, Universidade Católica, Universidade de Lisboa, propõem atividades para crianças bem como iniciativas para diferentes públicos que levarão mensagens sobre a proteção da criança.

De entre as várias atividades, destacam-se as seguintes:

  • Dia 1 de junho, pelas 10h00, abertura do Mês da Criança na Casa dos Direitos, em Bissau, e Feira do Livro na Universidade Católica da Guiné-Bissau, em Bôr;
  • Dia 1 de junho (17 horas) em Gabu, 'Campeão' - Atelier de desporto inclusivo: Torbol, voleibol sentado e basquetebol em cadeira de rodas;
  • Entre 1 e 11 de junho na Radiodifusão Nacional, Emissão da canção ‘Viva a Diversidade’ - Mininu Mandinte (Eneida Marta e Zé Manel) - Sensibilização acerca da estigmatização e da violência contra as crianças com deficiência;
  • Dia 11 de junho, na Escola do Alto Bandim, pelas 10h00, entrega de Kits Pedagógicos de Jogos Adaptados;
  • Dia 15 e 16 de junho, na Praça di Pindjiguiti, entre 10h00 e 19h00, Feira de Artesanato dedicada às crianças. No encerramento, apresentação de uma peça de teatro pelo Grupo de Teatro do Oprimido de Bissau;
  • Dia 28 de junho, na Casa dos Direitos, às 10h00, apresentação do estudo de caso "Mininus di Kriason".

 

Convidamos todos à participação e divulgação!

Secções editoriais: