Delegation of the European Union for the Pacific
Responsible for Cook Islands, Federated States of Micronesia, Fiji, Kiribati, Nauru, Niue, Palau, Republic of Marshall Islands, Samoa, Solomon Islands, Tonga, Tuvalu, Vanuatu as well as the three Overseas Countries and Territories in the Pacific.

Diálogo político sectorial União Europeia – Moçambique aborda situação humanitária e de segurança no norte do país

18/09/2020 - 10:57
News stories

O diálogo político sectorial focou-se em três temas principais, nomeadamente, assuntos humanitários, cooperação para o desenvolvimento e assuntos relacionados à segurança na perspectiva de como a União Europeia pode ajudar o governo moçambicano numa maneira holística e integrada na província de Cabo Delgado.

Assistência humanitária e bem-estar da população em Cabo Delgado
Não parar a agenda do desenvolvimento
Adaptação às novas circunstâncias
Assegurar a visão comum de um desenvolvimento integrado
 
Estes são os compromissos pronunciados no diálogo político sectorial Moçambique-União Europeia que teve lugar a 16 de Setembro, em Maputo, com uma agenda centrada na situação humanitária em Cabo Delgado, Niassa e Nampula; questões da cooperação para o desenvolvimento na perspectiva de apoio à Agência do Desenvolvimento Integrado do Norte ­ ADIN; e assuntos relacionados com a segurança, na perspectiva de como a União Europeia pode apoiar na coordenação de acções no contexto destes desafios.
 
O Ministro da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Celso Correia, e o Embaixador da União Europeia, Antonio Sánchez-Benedito Gaspar, orientaram o diálogo que convergiu no que toca ao reforço de parcerias em torno da visão comum de um desenvolvimento integrado no norte do país.
 
 
O Ministro Correia reafirmou o cometimento do Governo de "nunca vergar nem hipotecar o desenvolvimento do país por conta dos insurgentes". A prioridade, disse, será sempre a segurança e o bem-estar da população e a adaptação é crucial para não parar o desenvolvimento, para o qual o apoio e experiência da União Europeia como um bloco são bem vindos.
 
O Embaixador Sánchez-Benedito Gaspar, por sua vez, assegurou do compromisso da União Europeia e Estados membros representados em Moçambique de continuar a apoiar a agenda de desenvolvimento integrado, com enfoque em acções que garantam o emprego para os jovens. No novo ciclo de programação da cooperação da União Europeia, Cabo Delgado terá um espaço central junto com outras açcões que incluem o apoio a estratégia de acção da ADIN.
 
Participantes do diálogo: Ministério da Agricultura e Desenvolvimento Rural, como Coordenador do diálogo e também órgão de tutela da Agência do Desenvolvimento Integrado do Norte ­ ADIN, representantes dos ministérios dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Delegação da União Europeia e representantes dos 11 Estados-membros da União Europeia representados em Moçambique.
Bagian Editorial: