Delegation of the European Union for the Pacific
Responsible for Cook Islands, Federated States of Micronesia, Fiji, Kiribati, Nauru, Niue, Palau, Republic of Marshall Islands, Samoa, Solomon Islands, Tonga, Tuvalu, Vanuatu as well as the three Overseas Countries and Territories in the Pacific.

Reino Unido: Declaração do alto representante sobre a abertura da delegação da UE em Londres

Brussels, 01/02/2020 - 00:01, UNIQUE ID: 200131_2
Statements by the HR/VP

O Reino Unido deixa hoje a União Europeia, tornando­‑se, assim, um país terceiro. Lamentando embora a decisão do Reino Unido de deixar a nossa União, respeitamos inteiramente a sua escolha e estamos prontos a ir em frente.

 

A representação diplomática da União Europeia passará agora a ser assegurada por uma delegação da UE, sob a minha autoridade enquanto alto representante da União para os Negócios Estrangeiros e a Política de Segurança.

 

Nomeei o embaixador João Vale de Almeida chefe da delegação e estou certo de que trabalhará incansavelmente para assegurar que a cooperação entre a União Europeia e o Reino Unido decorra em harmonia. As instalações da antiga representação da Comissão em Londres passarão a ser ocupadas pela delegação da União Europeia, que começa hoje a funcionar.

 

Para além das habituais responsabilidades que incumbem a uma delegação da UE num país terceiro, como sejam representação diplomática da UE, coordenação e canal de comunicação da UE e promoção da UE no país de acolhimento, caberá à delegação da UE no Reino Unido desempenhar um papel fundamental como garante da execução do Acordo de Saída do Reino Unido. Juntamente com as embaixadas dos Estados­‑Membros da UE, competir­‑lhe­‑á também chamar a atenção para os direitos de que gozam os cidadãos da UE no Reino Unido pós­‑Brexit.

 

O Reino Unido continuará a ser para a União Europeia um parceiro fundamental. A relação entre nós estabelecida assenta em valores e interesses partilhados que decorrem da geografia, da História e de valores enraizados na nossa herança europeia comum.

 

A relação económica, social e política entre a União Europeia e o Reino Unido não terminará. Estamos – e continuaremos a estar – estreitamente ligados. É nosso desejo construir uma nova – e ambiciosa – parceria nos setores do comércio e da cooperação económica, da aplicação da lei e da justiça penal, da política externa, da segurança e da defesa.

 

Antevejo já – assim o espero – que se estabeleça com os nossos amigos britânicos uma cooperação muito estreita em torno dos desafios que se nos colocam em comum a nível regional e mundial.

 

Secções editoriais: