The European Union Delegation to Egypt

Voluntários da Ajuda da União Europeia na luta contra o coronavírus

02/04/2020 - 10:52
Voices and views

Voluntários a Ajuda da União Europeia (Eu Aid Volunteers - EUAV) dando o seu contributo em Moçambique na luta contra a pandemia do COVID-19.

Martino Aid Volunteer

Martino, voluntário do Programa da Ajuda Voluntária da União Europeia (Eu Aid Volunteers - EUAV), decidiu ficar em Moçambique para continuar o trabalho que iniciou em Outubro de 2019 na área de comunicação para a ONG italiana WeWorld-GVC (WWGVC) e agora dar o seu contributo em Moçambique na luta contra a pandemia do COVID-19. Desde o começo da emergência do Coronavirus, a WeWorld-GVC, em colaboração com os seus parceiros, deu início a várias actividades de sensibilização para formar e informar a população moçambicana sobre as medidas de prevenção para conter o contágio. O Martino fala-nos, na primeira pessoa, das actividades que tem levado a cabo:

“Vim aqui em Moçambique para poder dar o meu apoio nos projectos de desenvolvimento e de emergência implementados pela WWGVC, com o apoio da União Europeia através do Programa EU Aid Volunteers. Sabia que lidar com as dificuldades do quotidiano, especialmente depois da tragédia causada pelos Ciclones Idai e Kennth, ia ser um desafio, mas nunca imaginei que durante esta experiência ia surgir uma ameaça global sem precedentes na história moderna. Logo que o vírus afectou a Itália, o meu país, pensei em voltar para poder estar mais perto da minha família e dos meus amigos.

Mas quando a pandemia começou a espalhar-se pelo mundo, decidi ficar aqui para poder dar a minha mão, junto com os moçambicanos. Afinal é por isso que vim parar aqui. Ainda por cima, pela natureza e rapidez do COVID-19, a informação e a comunicação sobre a doença e as medidas de prevenção são, por enquanto, as únicas armas que temos para prevenir o contágio. Assim, trabalhando com os meus colegas e os nossos parceiros, estamos a sensibilizar mais pessoas quanto possível sobre as práticas de higiene e as regras de comportamento social que cada um de nós tem que adoptar, por si e pelos outros.

Nestas últimas semanas, tive a possibilidade de planear e participar em formações nas comunidades rurais mais afastadas, onde as informações chegam com mais dificuldade. E estamos neste momento para lançar um vídeo musical que trata das medidas de prevenção n uma abordagem mais lúdica e uma linguagem mais divertida para podermos divulgar as mensagens nas redes sociais.

O desafio maior é conseguirmos mudar os nossos hábitos antes que o número dos contágios aumente exponencialmente e, para que isto aconteça, precisamos escutar e partilhar os conselhos das instituições e dos peritos. Dito isto, queria agradecer a União Europeia — e o Programa de Voluntariado da Ajuda da União Europeia EUAV — e a WeWorld-GVC por ter me dado a possibilidade de poder dar o meu contributo num momento tão dramático.”

 

Editorial Sections: