Delegação da União Europeia em Cabo Verde

União Europeia contribui com 17 Milhões de Euros para infraestruturas portuárias e para um modelo de desenvolvimento socioeconómico sustentável na ilha do Maio

21/12/2020 - 18:10
News stories

A União Europeia e o Governo de Cabo Verde assinam um acordo de investimento para a melhoria de infraestruturas portuárias e fomento do desenvolvimento económico nas ilhas do Maio e Sal, com a criação de empregos qualificados adaptados a um modelo de crescimento sustentável, em sintonia com a classificação do Maio como reserva da Biosfera.

 

União Europeia contribui com 17 Milhões de Euros para infraestruturas portuárias e para um modelo de desenvolvimento socioeconómico sustentável na ilha do Maio

A União Europeia e o Governo de Cabo Verde assinam um acordo de investimento para a melhoria de infraestruturas portuárias e fomento do desenvolvimento económico nas ilhas do Maio e Sal, com a criação de empregos qualificados adaptados a um modelo de crescimento sustentável, em sintonia com a classificação do Maio como reserva da Biosfera.

Com a crise da COVID-19 este investimento ganhou ainda mais relevância para a necessária retoma económica de Cabo Verde. Esta iniciativa do #TeamEurope visa estimular uma transformação gradual da economia nos próximos anos no sentido de um modelo de crescimento verde inclusivo, centrando-se em quatro pilares fundamentais: (i) Turismo sustentável e criação de emprego (ii) Energias renováveis (iii) Acesso generalizado à água e ao saneamento (iv) Fomento da economia azul e agricultura.

Com este investimento a União Europeia visa a retoma da economia sob a base dum modelo de crescimento "verde e inclusivo" que permita Cabo Verde explorar novos mercados, reduzindo a dependência dum modelo de desenvolvimento. 

O investimento é feito em duas componentes, sendo a primeira estruturante para o crescimento económico com a criação de emprego e do aumento das transações comerciais através da doação de 11 Milhões de euros para complementar um empréstimo do Banco Africano de Desenvolvimento e comparticipação do Governo de Cabo Verde para financiar a extensão e a modernização sustentável dos portos de Porto Inglês e Palmeira, nas Ilhas do Maio e do Sal.

A segunda, o reforço dos serviços sociais e ambientais municipais para viabilizar o desenvolvimento integrado da ilha e promoção da economia circular. Este reforço será feito através do financiamento a fundo perdido de 3 Milhões de euros para o programa de desenvolvimento territorial com a Câmara Municipal do Maio e parceiros da sociedade civil. Vários setores económicos e sociais da Ilha serão apoiados: saúde, educação, cultura, agricultura, pesca, urbanismo, sector privado, tudo de forma a consolidar o tecido económico e social das comunidades das duas ilhas.

Ainda acresce um outro financiamento a fundo perdido de 2.8 Milhões de euros para a construção de um sistema integrado de tratamento de resíduos sólidos na Ilha de Maio.

A cerimónia oficial da assinatura do acordo de investimento pelo Sr. Vice-Primeiro Ministro e Ministro das Finanças, Olavo Correia, e pela Sra. Embaixadora da União Europeia em Cabo Verde, Sofia Moreira de Sousa, terá lugar segunda-feira, dia 21 de dezembro, pelas 11h00 na Salão de Banquetes do Palácio do Governo.

Secções editoriais: