Delegação da União Europeia em Angola

Resposta aos efeitos socioeconómicos da Covid-19

20/05/2021 - 15:00
Multisector

As categorias sociais mais pobres foram as primeiras vítimas do contexto internacional de pandemia de Covid-19 e das restrições nacionais. Em 2020, a União Europeia lançou uma resposta global com os Estados Membros (Team Europe/ Equipa Europa) para apoiar os países parceiros, principalmente através de medidas reforçadas de luta contra a pobreza.

Sensibilização COVID 19
Sensibilização COVID 19

Combate intensificado à pobreza

As consequências económicas das restrições impostas no âmbito da pandemia da Covid-19 combinadas com a ausência de um sistema de protecção social aumentaram drasticamente a pobreza em Angola, principalmente nas famílias dependentes da economia informal. Diante desta situação, a EU deu um apoio orçamental de 20 milhões de Euros para apoiar os esforços de Angola no combate à pandemia, incluindo doação de materiais de biossegurança. O objectivo final do programa, no entanto, é acompanhar a transição da economia informal para o sistema formal.

Nutrição e apoio aos grupos vulneráveis

A maior parte do pacote global de resposta à Covid foi uma subvenção direcionada à investigação sobre acções de nutrição, acrescentada ao programa existente “Fortalecimento da Resiliência e da Segurança Alimentar e Nutricional em Angola” (FRESAN) financiado pela UE nas províncias do Sul de Angola.

Outra parte do apoio foi atribuído a organizações da sociedade civil para aliviar o impacto da pandemia nos grupos vulneráveis, por exemplo, criando alternativas económicas para as mulheres, apoiando as crianças e jovens em situação de rua ainda mais expostas por causa do recolhimento domiciliar, ou ainda, distribuindo produtos de higiene e cestas básicas às comunidades.

PAMIESC-COVID-19: Projecto de Apoio à Mitigação do Impacto Económico e Social da COVID-19

Início: 2020 | Conclusão: 2022 | Montante (€): 261.000

Implementação: ADRA

O projecto apoia famílias rurais com baixo rendimento nas províncias de Benguela e Malanje através do reforço da actividade económica, de sensibilização à protecção sanitária em contexto de pandemia e de acesso aos meios de prevenção da mesma.

Entrega de vacinas contra a Covid-19 e de suprimentos médicos

A vacinação global é uma etapa decisiva para a erradicação da pandemia de Covid-19.  A União Europeia e os seus Estados Membros, conhecidos por Team Europe (Equipa Europa) são um dos principais contribuintes da COVAX que entregou as primeiras doses da vacina a Angola no início de 2021.

Produtos médicos também foram entregues ao Governo para incrementar o estoque de materiais para o combate ao novo coronavírus.

Mais notícias

Secções editoriais: