Delegação da União Europeia em Angola

Agricultura e Segurança Alimentar

13/11/2019 - 00:00
Agriculture and Food Safety

Contribuímos para a redução da fome, pobreza e vulnerabilidade à insegurança alimentar e nutricional, reforçando uma agricultura sustentável nas províncias do sul de Angola. Uma acção crucial para melhorar a subsistência das famílias camponesas.

Comunidade rural em Angola
Comunidade rural em Angola

Agimos para mitigar os efeitos da seca nas províncias da Huíla, Cunene e Namibe, com financiamento a projectos destinados a desenvolver práticas agrícolas adequadas nestas regiões áridas. Nas comunidades, os/as nossos/as beneficiários são formados/as à produção hortícola, captação e gestão da água, educação nutricional...

Por outro lado, outras acções a nível institucional permitem reforçar as capacidades dos órgãos públicos, por exemplo em gestão de desastres. Nestes vários níveis de intervenção, ajudamos a melhorar a saúde das famílias e desenvolver a actividade local. Gradualmente, a população rural ganha capacidade para tornar-se mais resiliente e estável.

 

FRESAN - Fortalecimento da Resiliência e da Segurança Alimentar e Nutricional em Angola

Início: 2018 | Conclusão: 2024 | Montante (€): 65.000.000

Implementação: FAO, PNUD, Camões - Instituto da Cooperação e da Língua I. P, Vall d’Hebron Barcelona Hospital Campus, Ajuda da Igreja Norueguesa, Visão Mundial, ADPP, CODESPA, Development Workshop, COSPE, ADRA, People In Need, Fundação Fé e Cooperação, CUAMM - Médicos para África.

 

Consultar o portal do FRESAN

Produtora de milho apoiada pelo FRESAN

O programa FRESAN inclui um programa de subvenções para financiar as actividades de organizações da sociedade civil na área da agricultura, nutrição e gestão da água. O primeiro envelope financeiro permitiu o lançamento de nove projectos.

Conheça algumas das acções apoiadas:

EKEVELO – Esperança na Resiliência: Reforço da Segurança Alimentar e Nutricional das Comunidades no Município do Virei

Ekevelo acompanha quatro comunidades agropecuárias no município do Virei (Namibe), para reforçar as suas competências de produção agrícolas e facilitar as relações com as autoridades locais responsáveis, melhorando assim os meios de subsistência de 150 famílias (cerca de 2250 pessoas).

PARMES - Projecto de Apoio à Resiliência para Mitigação dos Efeitos da Seca nos Municípios da Humpata e Gambos

Para garantir o abastecimento da população em água, o projecto PARMES pretende construir 100 cisternas de calçadão com uma capacidade de 58 mil L cada, nas localidades-alvo.

 

Ver também: Estratégia da União Europeia para Alianças e Parcerias Verdes

Languages:
Secções editoriais: